OPA Bier – Pale Ale

Cervejaria OPA BIER

Características:

Cervejaria: OPA Bier
País: Brasil
Estilo: American Pale Ale (10A)
ABV: 4,8%
Temperatura de consumo: 5 – 7 ºC
Copo Utilizado: Pint

Descrição do Fabricante

A cerveja Pale Ale Opa Bier oferece um sabor inigualável. De cor acobreada, possui paladar seco e levemente frutado. Representa o sabor europeu em sua melhor forma, com destaque para sua cremosidade e aromas característicos do lúpulo Hallertau. Aprecie a uma temperatura de 0ºC a 3ºC. A Opa Bier resgata uma tradição que sempre pertenceu a Joinville: Produzir cervejas de qualidade incomparável obtidas com a mais pura água. Opa Bier, o legítimo sabor de Joinville!

De coloração âmbar e alta fermentação, oferece um sabor inigualável, paladar seco e levemente frutado com destaque para seu amargor característico do lúpulo Hallertau. Representa o sabor europeu em sua melhor forma. É ideal para acompanhar pratos com forte presença de paladar, todos os tipos de carnes e massas com molhos condimentados.

Considerações da Confraria:

A cerveja OPA Bier obteve uma média razoável, obteve todo tipo de nota em diversos quesitos, como por exemplo seu sabor, onde levou suas maiores notas, mas também as menores, não conseguindo atingir uma nota considerada alta, mas apenas satisfatória. Sua aparência também foi bastante discutida, pois embora sua coloração âmbar e seu colar marfim sejam esperados, pela grande maioria dos confrades, seu colar tem pouca ou nenhuma persistência. Alguns confrades consideram a compra para um segundo consumo e degustação, já outros não consideram essa possibilidade na ficha de avaliação.

Avaliações de nossos degustadores:

Aroma: 6,1
Aparência: 7,0
Sabor: 5,6
Sensação na boca: 6,5
Impressão Geral: 5,8
Média Geral: 6,0

Ficha de Avaliação

Sierra Nevada – Pale Ale

Sierra Nevada American Pale Ale

Características:

Cervejaria: Sierra Nevada Brewing Company
País: Estados Unidos
Estilo: American Pale Ale (10A)
ABV: 5,6%
Temperatura de consumo: 5 – 7 ºC
Copo Utilizado: Pint

Descrição do Fabricante

Um verdadeiro ícone da revolução cervejeira americana! A Sierra Nevada Pale Ale é uma cerveja dourada com um bom amargor e fantásticos aromas cítricos e frutados provenientes dos lúpulos cascade, amplamente utilizados na receita.
Perfeitamente balanceada e refrescante essa American Pale Ale é perfeita para beber em um churrasco com os amigos. Sirva em um pint e aprecie todos os aromas e sabores desse verdadeiro clássico.

Considerações da Confraria:

A cerveja Sierra Nevada Pale Ale obteve ótimas avaliações entre os confrades, principalmente considerando sua aparência e a sensação na boca, embora seu aroma e sabor tenham sido bem avaliados. A maiorias dos confrades presentes consideraram que a coloração mais próxima é o ambar, e a colocação do colarinho, ficou bastante dividido entre o marfim e o bege. O sabor do malte foi bem avaliado e foi percebido predominantemente como moderado para acentuado.  Seu colar é de baixa para moderada retenção, foi unânime que seria mais interessante com um colar mais persistente.

Avaliações de nossos degustadores:

Aroma: 7,5
Aparência: 8,5
Sabor: 6,9
Sensação na boca: 7,8
Impressão Geral: 6,9
Média Geral: 7,3

Ficha de Avaliação

Ghost Ship

Adnams Ghost Ship

Características:

Cervejaria: Adnams Brewery
País: Inglaterra
Estilo: Extra Special Bitter /English Pale Ale (8C)
ABV: 4,5%
Temperatura de consumo: 5 – 7 ºC
Copo Utilizado: Pint

Descrição do Fabricante

A Ghost Ship é uma premiadíssima Pale Ale produzida na Inglaterra, mas que usa lúpulos americanos, como o Citra, para garantir um delicioso amargor cítrico, além de maltes especiais de cevada e centeio. Divertidamente inspirada no supostamente assombrado Pub da Adnams em Walberswick, cuja costa tem diversos destroços de antigos navios de contrabando! Ganhou a medalha de bronze no campeonato de cerveja da Grã Bretanha em 2016.

Considerações da Confraria:

Com as notas mais altas da segunda reunião da confraria Chug a Lug, certamente o troféu de melhor da noite vai para a cerveja Ghost Ship.

Pela avaliação dos confrades, a Ghost Ship pode ser considerada uma Pale Ale de aroma excelente, também com excelente aparência, sabor marcante, presença bastante perceptível dos maltes e lúpulos, e bom corpo, embora neste quesito considerarmos que ainda cabem melhorias. Foi unânime que todos os confrades comprariam para consumo próprio, realmente uma grande cerveja de coloração âmbar e colar de bom tamanho e boa persistência.

Avaliações de nossos degustadores:

Aroma: 7,9
Aparência: 8,5
Sabor: 6,9
Sensação na boca: 8,0
Impressão Geral: 7,4
Média Geral: 7,5

Ficha de Avaliação

Primeira Reunião – Confraria Chug-a-Lug

Data: 24/Novembro/2016logo-wordpress

Chug-a-Luggers Presentes: Alessandro Montoya, Alexandre Fornazari, Gustavo Samogim, Marcelo Sperandim, Marco Jordan, Orlindo Martins, Renato Maldonado e Ricardo Valência.
Chug-a-Luggers Ausentes: Ed Gomes e Eduardo Simões

Convidados: Sem convidados na primeira reunião.

Presidente: Alexandre Fornazari
Relator: Alexandre Fornazari

A reunião foi iniciada às 20:30 conforme planejado com todos confrades presentes. Foi feita uma breve apresentação do formato das reuniões, das regras da confraria e das possibilidades futuras. Foi também conversado sobre o documento, sobre a necessidade das regras e sobre a primeira revisão a ser consolidada após a terceira reunião e, após este período, as revisões – caso existam – somente serão feitas anualmente. Após as introduções necessárias foi apresentada a degustação do dia, os estilos e as cervejas escolhidas. Foi também apresentado aos confrades pelo presidente o “Beer Score Card” para que os confrades pudessem avaliar e atribuir notas às cervejas, com o intuito de começarmos a formar uma base de dados de cervejas e suas avaliações.

Muitas dúvidas foram apresentadas sobre ésteres e fenóis, formato do colarinho etc. Algumas foram esclarecidas e outras apenas geraram mais dúvidas, mas com o tempo vamos aprendendo juntos e vamos matando as charadas. O importante é curtir as degustações, as brejas e a experiência com os amigos.

Nota Importante: Um comentário digno de nota e já considerado na primeira alteração do documento da Confraria foi com relação à quantidade de cervejas a serem degustadas. Foi sugerido pelos confrades que esta quantidade seja reduzida de cinco para quatro cervejas.

As seguintes cervejas foram degustadas e avaliadas:
– 1500 – Premium American Lager (1C)
– Hofbräu Original – Minich Helles (1D)
– Warsteiner Premium Verum – German Pilsener (2A)
– Praga – Bohemian Pilsener (2B)
– 1795 – Bohemian Pilsener (2B)

E a estrela da noite, na opinião dos confrades, foi a 1795 com 7,3 pontos.

Saúde!!

1795

Características:1795

Cervejaria: Budejovicky Mestansky Pivovar
País: República Tcheca
Estilo: Bohemian Pilsener (2B)
ABV: 4,7%
Temperatura de consumo: 5 – 7 ºC
Copo Utilizado: Lager

Descrição do Fabricante:

Fabricada sob rigorosos e tradicionais processos, com malte próprio e o lúpulo de Saaz, a 1795 é uma cerveja premium lager dourada, com paladar redondo e balanceado amargor. Possui aroma fresco e floral, ideal para acompanhar pratos condimentados (ex. culinária thai, indiana ou chinesa), peixes e saladas e para ser apreciada nos mais diversos momentos. Estilo: lager (baixa fermentação) – 4,7% teor alcoólico. Cor: dourada brilhante.  Aroma: floral e fresco Paladar: encorpado, bem balanceado, com boa presença de lúpulo e toques vegetais.

Considerações da Confraria:

Nossa escolhida da noite, esta cerveja teve opiniões bem consistentes, exceto por um confrade que informou que beberia novamente mas não compraria. Procuramos identificar as qualidades ressaltadas nos textos encontrados sobre a cerveja e a maioria destas qualidades foram percebidas, como sabor balanceado, corpo, presença do lúpulo etc. O confrade Renato Maldonado notou um sabor metálico, que segundo ele foi percebido como “sangue”. Apesar das cervejas degustadas terem ficado em repouso por mais de uma semana, isto pode ser devido a alguma oxidação por alguma falha como vedação ou micro trinca no gargalo da cerveja, porém outros confrades tomaram da mesma amostra (garrafa) e não notaram o sabor metálico. Pior avaliação foi feita pelo Renato Maldonado, com 6 pontos (Muito Bom) e a melhor avaliação foi a minha e a do Ricardo Valência, com 8,6 pontos (Excelente).

Avaliações de nossos degustadores:

Aroma: 7,4
Aparência: 7,4
Sabor: 6,9
Sensação na boca: 7,8
Impressão Geral: 7,8
Média Geral: 7,3

Ficha de Avaliação

Praga

Características:praga

Cervejaria: Budejovicky Mestansky Pivovar
País: República Tcheca
Estilo: Bohemian Pilsener (2B)
ABV: 4,7%
Temperatura de consumo: 5 – 7 ºC
Copo Utilizado: Lager

Descrição do Fabricante:

Recém chegada ao mercado brasileiro, a cerveja Pilsen Checa Praga é 100% puro malte e natural (segue a Lei de Pureza). Possui 4,7% de teor alcoólico. É uma cerveja rica em lúpulo de Saaz, é uma cerveja clara clássica, com aroma fresco maltado e lupulado e moderado amargor. Refrescante, leve, fácil de beber, ideal para acompanhar desde pratos leves como sushis, frutos do mar, queijos frescos e saladas, até pratos mais picantes e condimentados.

Considerações da Confraria:

Cerveja de aroma bem marcante, com uma coloração amarelo dourado bem límpida e amargor moderado. As opiniões foram bastante diversas sendo que dois confrades informaram que não beberiam esta cerveja novamente, três compraria a cerveja para consumo, dois informaram que beberiam novamente mas não comprariam e um ficou indefinido. Pior avaliação foi feita pelo Marco Jordan, com 3,6 pontos (Regular) e a melhor avaliação foi a do Marcelo Sperandin, com 9 pontos (Excepcional).

Avaliações de nossos degustadores:

Aroma: 7,5
Aparência: 5,9
Sabor: 5,2
Sensação na boca: 7,8
Impressão Geral: 6,3
Média Geral: 6,8

Ficha de Avaliação

Warsteiner Premium Verum

Características:warsteiner

Cervejaria: Warsteiner Brauerei
País: Alemanha
Estilo: German Pilsener (2A)
ABV: 4,8%
Temperatura de consumo: 0 – 4 ºC
Copo Utilizado: Lager

Descrição do Fabricante:

Cerveja tipo pilsen, de baixa fermentação e alta concentração de lúpulo. Aspecto brilhante, transparente, com finas borbulhas e espuma branca e encorpada. Agradável aroma de malte, combinado com suave amargor do lúpulo. Sabor amargo, suntuosa consistência e presença marcante de malte. Fabricada exclusivamente a base de cevada, lúpulo, levedura e água, – conforme a Lei Alemã de Pureza, de 1516. Teor alcoólico de 4,8%.

Considerações da Confraria:

Cerveja de aroma bem característico, de cor amarelo ouro bem límpida e amargor suave. Quase todos os confrades informaram que comprariam esta cerveja para consumo, exceto um. Pior avaliação foi feita pelo Marco Jordan, com 4,2 pontos (Bom) e a melhor avaliação foi a do Alessandro Montoya, com 8,2 pontos (Excelente).

Avaliações de nossos degustadores:

Aroma: 7,0
Aparência: 7,8
Sabor: 6,8
Sensação na boca: 7,4
Impressão Geral: 7,4
Média Geral: 7,1

Ficha de Avaliação

Hofbräu Original

Características:hb-original

Cervejaria: Hofbräuhaus München
País: Alemanha
Estilo: Munich Helles (1D)
ABV: 5,1%
Temperatura de consumo: 5 – 7 ºC
Copo Utilizado: Lager

Descrição do Fabricante:

Com personalidade, refrescante, levemente amarga e picante, a Hofbräu Original traz em si a verdadeira atmosfera de Munique, a capital da cerveja. É uma cerveja de baixa fermentação, do tipo Lager, também conhecida como “Light Münchner Bier”. Produzida de acordo com a Lei de Pureza de 1516, não contém qualquer tipo de aditivos químicos, corantes, conservadores ou cereais não maltados, como o milho e o arroz. Uma típica Lager, ideal para harmonizar com a culinária alemã, peixes, frutos do mar e saladas.

Considerações da Confraria:

Cerveja de aroma bem refrescante, límpida e de sabor muito bom com um residual amargo mas de sensação suave na boca. Todos os confrades informaram que comprariam esta cerveja para consumo. Pior avaliação foi feita pelo Renato Maldonado, com 5,4 pontos (Bom) e a melhor avaliação foi a do Marcelo Sperandim, com 9 pontos (Excepcional).

Avaliações de nossos degustadores:

Aroma: 6,9
Aparência: 7,3
Sabor: 6,7
Sensação na boca: 7,8
Impressão Geral: 7,4
Média Geral: 7,0

Ficha de Avaliação

1500 Puro Malte

Características:1500

Cervejaria: Casa di Conti
Município / Estado: Cândido Mota / SP
Estilo: Premium American Lager (1C)
ABV: 4,7%
Temperatura de consumo: 0 – 4 ºC
Copo Utilizado: Lager

Descrição do Fabricante:

Produzida com 100% de malte de cevada, a 1500 Puro Malte é uma cerveja do tipo Pilsen, de cor clara, com espuma consistente, cremosa e duradoura. Ela traz consigo um aroma maltado, um sabor marcante e refrescante, proveniente de tipos de lúpulos aromáticos importados da região de Hallertau, na Alemanha. Com um rótulo muito atraente, a 1500 Puro Malte chama atenção entre as outras por sua embalagem conceitual que a define como um tesouro, além de ter uma margem de lucro maior para o PDV e um preço acessível perante as demais cervejas do segmento. Assim é a Cerveja 1500, a Sua Puro Malte.

Considerações da Confraria:

Cerveja atende ao estilo porém sem nenhum destaque especial que mereça comentários. De todos os confrades apenas um informou que compraria esta cerveja para consumo. Os demais informaram que tomariam a cerveja novamente, mas não comprariam para consumo. Pior avaliação foi feita pelo Marco Jordan, com 2,8 pontos (Regular) e a melhor avaliação foi a do Gustavo Samogim, com 6,6 pontos (Muito Bom).

Avaliações de nossos degustadores:

Aroma: 4,3
Aparência: 6,5
Sabor: 4,3
Sensação na boca: 5,3
Impressão Geral: 4,9
Média Geral: 4,7

Ficha de Avaliação

Coserdonk Tempelier

Faz um tempo que não atualizo este blog então escolhi uma cerveja que gosto muito para voltar aos posts. Há muito tempo atrás, realmente muito tempo, quando o Frangó era mais conhecido pelos moradores da Freguesia do Ó e eu morava perto do lardo da matriz, eu tive a oportunidade de provar as cervejas belgas “Paster Noster” e “Agnus Dei” da cervejaria Corsendonk. A marca da cerveja refere-se ao priorado de Corsendonk em Oud-Turnhout, localizado na província Belga de Antuérpia, o qual funcionou de 1398 a 1784 e foi reconstruído em 1968 como um complexo hoteleiro pelos novo proprietário, o Hotel Corsendonk. Em 1982, na celebração do centésimo vigésimo quinto aniversário da municipalidade de Oud-Turnhout, o neto de Antonius Keersmaekers, Jef Keersmaekers, lançou as cervejas que eu tive a oportunidade de provar no Frangó.

PrioradoAlgum tempo depois resolvi beber novamente as cervejas, porém as mesmas haviam sumido do mercado. Recentemente estas cervejas voltaram às prateleiras das lojas, porém com alteração nos seus nomes: atualmente a Paster Noster se chama Corsendonk Patter e a Agnus Dei se chama Coserdonk Agnus. A produção da cerveja é terceirizada e é feita na Brasserie Du Bocq.

Bebi no último final de semana uma garrafa da Corserdonk Tempelier. Ganhei de presente o kit com uma garrafa de 330 ml e a taça, que, diga-se de passagem, é linda. A cerveja possui coloração âmbar ligeiramente turva com espuma bege claro de boa duração e formação.

tempelier_1No aroma é possível identificar notas de caramelo, lúpulo, ervas e frutas, os quais estão presentes também no sabor. O sabor é ligeiramente adocicado com notas picantes e o amargor é leve. Corpo médio e boa drinkability.

Harmoniza bem com: queijos de média intensidade (minas, brie/camembert, gouda, prato, gruyère, parmesão, roquefort, gorgonzola), pato, codorna, peru, faisão, chester, massa com molho de tomate, molho branco, ao pesto, lasanha, canelone, carneiro, comida indiana, camarão frito, caranguejo, caviar, lagosta e sobremesas a base de frutas.

Características:

ABV: 6,0%
IBU: 20 – 30
Estilo: 3 – Belgian Golden Ale
Temperatura de Consumo: 10ºC a 12ºC
Copo recomendado: Tulipa ou Taça