6ª Reunião – Confraria Chug-a-Lug

Data: 06/Julho/2017

Chug-a-luggers Presentes: Alexandre Fornazari, Alessandro Montoya, Gustavo Samogim, João Ferreira e Marco Jordan.
Chug-a-luggers Ausentes: Ed Gomes, Rodrigo Menossi, Marcelo Sperandim, Orlindo Martins e Renato Maldonado.

Presidente: Renato Maldonado substituído por Alexandre Fornazari

A reunião foi iniciada às 20:30 devido ao atraso dos confrades que estiveram presentes. Iniciamos com o Bate-papo Técnico conduzido por Alexandre Fornazari onde foi feita uma apresentação sobre lúpulos. Foi explicado sobre a função destes elementos na cerveja, sua interferência no amargor, aroma e sabor da cerveja. Foi explicado também a diferença entre os tipos de lúpulos bem como seus efeitos secundários – porém não menos importantes – na cerveja.

A degustação foi iniciada logo após o bate-papo e o Presidente da Reunião, Alexandre Fornazari, perguntou aos presentes se algum deles teria interesse em presidir a sétima reunião. Como ninguém se voluntariou o Alexandre presidirá também a próxima reunião. A data da próxima reunião ficou definida para dia 17/08/2017.

Na sequência foi justificado a escolha de aprofundar no universo Lager, para que todos possam ter uma compreensão melhor dos estilos desta família. O estilo escolhido para esta degustação foi o estilo Bock. Foi informado aos presentes que a escolha foi feita pelo confrade que presidiria a reunião, que infelizmente, por motivos de força maior, não pode estar presente. Uma breve história a respeito do estilo foi contada e foram selecionadas quatro cervejas Bock e todas foram degustadas, avaliadas, comentadas e debatidas entre os confrades.

Na sexta reunião, as seguintes cervejas foram degustadas e avaliadas:

A avaliação dos confrades mostrou que as cervejas apresentaram alto grau de aceitação e avaliação. A grande estrela da noite, na opinião dos confrades, foi a Tupiniquim Bock.

Nossa próxima reunião da confraria será dia 17/08/2017 e nosso próximo presidente será o Alexandre Fornazari.

Saúde e até lá!

Hausen Bock

Características:

Cervejaria: Hausen Bier
País: Brasil
Estilo: Traditional Bock (5B)
ABV: 6,0%
Temperatura de consumo: 8 – 12 ºC
Copo Utilizado: Lager

Descrição do Fabricante:

A Hausen Bock é uma cerveja de baixa fermentação, de alto teor alcoólico, encorpada de cor avermelhada. Possui amargor suficiente para suportar a força dos maltes com final equilibrado. Os maltes especiais tostados remetem a biscoito, pão e caramelo.

Considerações da Confraria:

A cerveja Hausen Bock foi nossa primeira avaliada da noite. Aroma de malte acentuado com baixo lúpulo e muito equilibrada. Na aparêcia a coloração cobre avermelhado e colarinho bege chamou bastante atenção. A cerveja é bem transparente e apresenta boa formação de espuma com média retenção. Sabor equilibrado de malte e baixo amargor, remete a malte e caramelo. Todos nossos confrades informaram que comprariam esta cerveja para consumo.

Embalagem:

A embalagem da cerveja é a Garrafa Caçula de 600 mL e seu rótulo é muito bem desenvolvido. Tem um visual bem tradicional e é utilizado o jogo de cores para distinção de estilos, o que facilita a diferenciação dos produtos. A graduação alcoólica é apresentada no rótulo e possui um texto de apresentação da cervejaria e da cerveja, hamonização, copo ideal, temperatura de consumo, premiações e os demais textos obrigatórios por lei. Importante ressaltar que o rótulo informa ainda que o produto não deve ser ingerido por menores de 18 anos de idade.

Avaliação da Embalagem:

Rótulo tradicional bem elaborado, com temas que remetem ao estilo tradicionalista da cervejaria. Em nosso ponto de vista faltou apenas informar o índice de amargor da cerveja.

Avaliações de nossos degustadores:

Aroma: 7,2
Aparência: 8,4
Sabor: 8,1
Sensação na boca: 8,8
Impressão Geral: 8,4
Média Geral: 8,1

Ficha de Avaliação

5ª Reunião – Confraria Chug-a-Lug

Data: 01/Junho/2017

Chug-a-luggers Presentes: Alexandre Fornazari, Alessandro Montoya, Gustavo Samogim, João Ferreira, Marcelo Sperandim, Orlindo Martins e Renato Maldonado.
Chug-a-luggers Ausentes: Marco Jordan, Ed Gomes e Rodrigo Menossi.

Presidente: Alexandre Fornazari

A reunião foi iniciada às 20:00, como de costume, com o Bate-papo Técnico conduzido por Alexandre Fornazari. Nesta edição foi feita uma apresentação sobre os cereias fermentáveis. Foi explicado sobre a função destes elementos na cerveja, sua interferência na cor e no sabor da cerveja. Foi explicado também a diferença entre cerais maltados e não-maltados onde foi passado uma lista dos principais cereais maltados, cereais não maltados além de outros produtos fermentáveis. Finalmente foi discutido brevemente outras aplicações envolvendo fermentação.

A degustação foi iniciada logo após o bate-papo e o Presidente da Reunião, Alexandre Fornazari, apresentou formalmente o novo confrade, João Ferreira, e pediu que ele contasse um pouco sobre suas experiências anteriores com cervejas. Na sequência foi repassado novamente as regras da confraria, as funções do presidente, foram tratados alguns assuntos internos e as foram tomadas as definições da próxima reunião. Foi informado também que, devido ao sucesso da degustação no Capitão Barley e aos planos para repetir as degustações com público presente, não haverá mais convidados nas reuniões internas.

O presidente informou que, para dar sequência aos trabalhos ele poderia presidir também a próxima reunião, caso ninguém se voluntariasse para a função. Entretando o confrade Renato Maldonado se voluntariou e foi aceito pelos demais presentes. A data da próxima reunião ficou definida para dia 06/07/2017.

Na sequência foi justificado a escolha de aprofundar no universo Lager, para que todos possam ter uma compreensão melhor dos estilos desta família. O estilo escolhido para esta degustação foi o estilo Vienna Lager. Foi também explicado que a primeira cerveja não atendia o estilo, porém foram selecionadas três cervejas Vienna Lager e todas foram degustadas, avaliadas, comentadas e debatidas entre os confrades e convidados.

Na quinta reunião, as seguintes cervejas foram degustadas e avaliadas:

  • Burgman Casanova – Specialty Beer
  • Da Mata Vienna Lager (7A)
  • Bierbaum Vienna (7A)
  • Hausen Vienna Lager (7A)

A avaliação dos confrades mostrou que as cervejas Vienna Lager apresentaram alto grau de aceitação e avaliação. Com uma vantagem a grande vencedora da noite, na opinião dos confrades, foi a Hausen Vienna Lager, seguida de muito perto da Bierbaum Vienna.

Nossa próxima reunião da confraria será dia 06/07/2017 e nosso próximo presidente será o Renato Maldonado.

Saúde e até lá!

Hausen Vienna Lager

Características:

Cervejaria: Cervejaria Hausen Bier
País: Brasil
Estilo: Vienna Lager (7A)
ABV: 5,0%
Temperatura de consumo: 7 – 10 ºC
Copo Utilizado: Lager

Descrição do Fabricante:

A Hausen Vienna é uma representante clássica do estilo originário da Áustria com destaque para os maltes tostados. É uma cerveja extra de baixa fermentação, coloração âmbar e médio teor alcoólico. O aroma e o sabor destacam os três tipos de maltes tostados utilizados que remetem a pão, biscoito e leve adocicado. Possui corpo médio e a-lug.com.br/wp-content/uploads/201margor suficiente para um final equilibrado.

Considerações da Confraria:

A nossa última cerveja da noite foi a mais bem pontuada da noite, a Hausen Vienna Lager. Aroma de malte levemente adocicado com baixo lúpulo. Cerveja bem transparente com uma coloração cobre muito bonita e  com boa formação de uma espuma de cor bege porém com baixa retenção. Sabor levemente adocicado, remetendo a malte e toffe e amargor leve e equilibrado. Esta cerveja apresentou um equilíbrio maior que as demais do mesmo estilo degustadas e foi a eleita da noite. Todos confrades gostaram muito e informaram que comprariam esta cerveja para consumo próprio.

Embalagem:

A embalagem da cerveja é a Garrafa Caçula de 600 mL e seu rótulo é muito bem desenvolvido. Tem um visual bem tradicional e é utilizado o jogo de cores para distinção de estilos, o que facilita a diferenciação dos produtos. A graduação alcoólica é apresentada no rótulo e possui um texto de apresentação da cervejaria e da cerveja, hamonização, copo ideal, temperatura de consumo, premiações e os demais textos obrigatórios por lei. Importante ressaltar que o rótulo informa ainda que o produto não deve ser ingerido por menores de 18 anos de idade.

Avaliação da Embalagem:

Rótulo tradicional bem elaborado, com temas que remetem ao estilo tradicionalista da cervejaria. Em nosso ponto de vista faltou apenas informar o índice de amargor da cerveja.

Avaliações de nossos degustadores:

Aroma: 7,6
Aparência: 8,0
Sabor: 8,0
Sensação na boca: 7,7
Impressão Geral: 7,9
Média Geral: 7,9

Ficha de Avaliação